Adere-Minho apresenta projecto que pretende «aumentar as capacidades de gestão das empresas»

Modernizar. Optimizar. Valorizar. Empresas. É este o mote do projecto MOVE, que foi apresentado, esta tarde, no espaço da Adere-Minho.

Trata-se de um projecto direccionado a Pequenas e Médias Empresas (PME), que se insere no Sistema de Incentivos – Projectos Conjuntos de Formação-Acção – FSE, no âmbito do Portugal 2020, e visa a melhoria das PME em três áreas temáticas, nomeadamente a Organização e Gestão, a Implementação de Sistemas de Gestão da Qualidade e a Economia digital e Tecnologias de Informação e Comunicação.

Segundo o formador José Alberto Costa, que fez a apresentação do projecto, o MOVE pretende intensificar a formação de empresários e gestores para a reorganização e melhoria das capacidades de gestão e proporcionar formação aos trabalhadores devidamente enquadrada na estratégia e necessidade de cada empresa.

«Espera-se que com este projecto haja um aumento de capacidades de gestão das empresas para que estas possam inovar e também um aumento da qualificação específica dos trabalhadores», referiu José Alberto Costa, que também alertou para a importância de se lutar pelos objectivos. «Sem trabalho não há nada. Como costumo dizer ao meu filho só errando e continuando a treinar é que se chega ao topo», continuou.

A sessão contou ainda com testemunhos reais de gestores de empresas que participaram no projecto anterior. «Este projecto é muito válido e que nos faz andar para frente. Se não fosse ele não víamos aspectos que são importantes para inovar», referiu Miguel Vilas Boas, proprietário da L-Crescente.

--
Redacção
ovilaverdense@gmail.com