ÚLTIMA HORA: Vilela e Nogueira proibidos pela juíza de contactar «o suspeito Rui Silva» (o deputado do PSD) e terão que entregar os passaportes

O presidente da Câmara Municipal de Vila Verde, António Vilela, bem como o director-geral da Escola Profissional Amar Terra Verde (EPATV), João Luís Nogueira, foram esta noite «proibidos de contactar o suspeito Rui Silva [deputado do PSD] e ausentar-se do país», tendo que entregar os passaportes.

Segundo o comunicado da juíza de instrução criminal, Magda Cerqueira, os dois arguidos, ambos «fortemente indiciados» de vários crimes, «não podem contactar com quaisquer funcionários da Escola Profissional Amar Terra Verde (EPATV), conforme revelou já a funcionária judicial, Isabel Oliveira.

António Vilela «está indiciado pelo crime de corrupção passiva (dois a oito anos de prisão), por um crime de prevaricação (dois a oito anos), crime de participação económica em negócio (com prisão até cinco anos e multa de 50 a 100 dias) e crime de abuso de poder (com pena de prisão de seis meses a três anos ou multa de 50 a 100 dias), todos agravados por se tratar de um titular de cargo político, como foi destacado esta noite no Tribunal de Braga.
Por outro lado, nenhum dos arguidos poderá contactar, nem entre si nem com qualquer testemunha do processo criminal cuja investigação ainda continua.

Quanto a João Luís Nogueira, segundo a magistrada, «os factos fortemente indiciados integram crimes de corrupção activa (dois a cinco anos) no caso da lei dos titulares de cargos políticos e do Código Penal (um a cinco anos).


---
Redacção/ JG (CP 2015)
Ovilaverdense@gmail.com

    Jornal o VilaVerdense
15 de Fevereiro de 2017 / 20:52

Partilhar no Facebook  Partilhar no Facebook


Outras notícias

-PARADA DE GATIM: Festa de Nossa Senhora do Amparo de 13 a 15 de Agosto

-PS regozija-se com avanço da requalificação da EN 101... lembra outras obras do presente e "ressuscita" trabalho de Martinho Gonçalves

-GNR deteve 41 pessoas nas últimas 12 horas … 25 com álcool a mais e 7 por tráfico

-CABANELAS: Fado e teatro para fechar Semana Cultural

-VILA DE PRADO: Festa de São Tiago e Nossa Senhora dos Remédios é este fim-de-semana

-LOUREIRA: Junta regozija-se com construção de rotunda

-GNR apreende mais de 7 quilos de cannabis e detém 37 traficantes de droga

-LAGE: Cinema ao livre no Monte de Santa Helena amanhã

-ATAHCA: Alunas certificadas com o nível básico

-Câmara prorroga prazo para alteração dos Planos de Pormenores da área envolvente à igreja e do núcleo urbano

-LOUREIRA: Lançado concurso para construção de rotunda

-VILA DE PRADO: CDS-PP considera interdição da Praia do Faial «episódio vergonhoso» e questiona Câmara

-ABOIM DA NÓBREGA: Álvaro Rocha reeleito Presidente da AISTI

-Eduardo Milhão reeleito Presidente do Vilaverdense FC

-TRIBUNAL: Condenado a 11 anos de prisão por violar sobrinha menor em Vila Verde

-VILA VERDE: Raspadinha com 5 mil euros rasgou e apostadora ainda não recebeu o prémio

-LOUREIRA: Dono de café agredido em rixa com grupo

-GNR e Guardia Civil patrulham em conjunto estradas espanholas para apoiar emigrantes portugueses

-Tribunal nomeia peritos para avaliar contas do Bingo do SC Braga

-PICO DE REGALADOS: Noites Temáticas regressam de 4 a 6 de Agosto

-RIBEIRA DO NEIVA: Concerto solidário angariou cerca de 4000€ para Pedrogão Grande

-ESCARIZ: Idosas ensinam crianças a costurar

-Vila Verde é o 15º concelho com menor equilíbrio financeiro

-VILA VERDE: XVI Festival Folclórico Internações encheu Praça de Santo António

-ECONOMIA: Associação Empresarial do Vale do Homem-AEVH apresentou-se ao tecido empresarial de Amares

-EPATV quer salvaguarda dos trabalhadores e pagamento de dívida para antecipar fim da gestão do Complexo de Lazer

-Cargo nas Águas do Norte pode impedir candidatura de Filipe Silva

-Incêndio em Escariz preocupa populações

-DESPORTO: Ricardo Gomes disputa o Campeonato Europeu Universitário de Taekwondo

-ECONOMIA: Novo gabinete de estética de Tânia Alves abre no centro de Vila Verde









Jornal O Vilaverdense