- última hora - PJ apreendeu bens de três milhões de euros de «rendimentos incongruentes» / Arguidos negam suspeitas

A Polícia Judiciária de Braga apreendeu bens, imóveis e móveis, de cerca de três milhões de euros, aos arguidos António Vilela e João Luís Nogueira, na operação relacionada com alegados crimes de corrupção, de abuso de poder, prevaricação e participação económica em negócio, apurou o Vilaverdense.

As autoridades judiciárias consideram, na sequência de uma perícia a todos os bens de ambos os indiciados – não foram ainda revelados quais os valores que dizem respeito, concretamente, a cada um dos arguidos – que esses bens «resultam de rendimentos incongruentes», face ao património que declaram.

O procurador Heitor Rigor Rodrigues, magistrado especialista a investigar “crimes de colarinho branco”, conseguiu o arresto de tais valores, através do Gabinete de Recuperação de Activos (GRA) da Directoria do Norte da PJ e que é constituído por inspectores da Polícia Judiciária e peritos das Finanças.

ARGUIDOS DESMENTEM SUSPEITAS
António Vilela e João Luís Nogueira negaram à juíza de instrução criminal de Braga, Magda Cerqueira, qualquer tipo de «comportamento ilícito» com as suas actividades políticas e profissionais, desmentindo as suspeições que o director-geral da Escola Profissional Amar Terra Verde (EPATV), que é também presidente do clube bracarense de andebol ABC, tivesse, de alguma maneira, «corrompido» o presidente da Câmara Municipal de Vila Verde.

---
Redacção / JG (CP 2015)
ovilaverdense@gmail.com

    Jornal o VilaVerdense
16 de Fevereiro de 2017 / 08:22

Partilhar no Facebook  Partilhar no Facebook


Outras notícias

-VILA VERDE: Centro Escolar festeja amanhã o Carnaval

-EPATV no Porto para dar apoio na 14ª edição da Essência do Vinho

-EPATV lança campanha de protecção de animais de estimação

-Alunos de Prado previnem comportamentos de risco

-MÊS DO ROMANCE: Concurso Internacional de Acessórios de Moda é já este sábado

-EPATV assume o papel de “Embaixador” para a Educação de Adultos em Portugal

-Nabo com seis quilos oferecido a bazar em Gondiães

-VILA DE PRADO: Carnaval sai à rua na próxima terça-feira

-PICO DE REGALADOS: Festa de Carnaval no próximo domingo

-Alberto Malheiro é o novo Presidente do Rancho Típico Infantil de Vila Verde

-HARMOS Festival traz três concertos a Braga entre 9 e 11 de Março

-Operação “Carnaval 2017” da GNR arranca esta sexta-feira

-Paulo Rangel deu lição no lançamento do livro de José Manuel Fernandes

-VILA DE PRADO: EN 205 vai ter limitadores de velocidade

-ÚLTIMA HORA (Vila Verde): Trânsito condicionado no Alívio (EN 101) devido a colisão entre veículos

-EDUCAÇÃO: EB Monsenhor Araújo recebeu debate preparatório de projecto internacional

-CRIME: PSP de Braga detém mulher em situação ilegal no país

-EB Monsenhor Elísio Araújo realiza hoje debate sobre boas práticas

-Bordados aplicados em madeiras e cerâmicas são as novas propostas da “Mi-Linha”

-GNR detectou 942 infracções em veículos pesados

-CSVH lança newsletter de Janeiro

-CASO DO RAPTO MORTAL DE BRAGA – Venda de moradia em Prado foi o princípio do fim para o empresário vitimado

-“A Economia Social em Portugal”, de José Manuel Fernandes, hoje no Porto

-ALERTA: «Profissionais da GNR usados como fonte de receita» - afirma a APG/GNR

-ACIDENTE MORTAL (Ponte de Lima): Irmão de Pedro Cachacinha morreu com tractor em Labruja

-REGADIO: Obras de sete milhões para uma área agrícola de cerca de 327 hectares

-MÊS DO ROMANCE: Júri do concurso da AEVIVER avaliou montras participantes

-VILA VERDE: Executivo municipal aprovou termos para a contratação de empréstimo de dois milhões

-DANÇA DESPORTIVA: Dupla vilaverdense vence 2ª jornada da Taça de Portugal

-ESCUTEIROS: Núcleo de Vila Verde espera juntar 500 elementos no sábado









Jornal O Vilaverdense