Biblioteca Pública de Braga assinala Centenário de Fátima

A Biblioteca Pública de Braga (BPB) apresenta até 30 de maio a exposição "Fátima 1917-2017: relatos e retratos", com dezenas de obras e artigos publicados sobre as “aparições” marianas e sobre o seu impacto ao longo das décadas. A mostra está patente no átrio desta unidade cultural da UMinho, tendo entrada livre de segunda a sexta-feira, das 9h00-12h30 e 14h00-17h30. A iniciativa insere-se nos 175 anos da BPB.



A exposição tem oito núcleos temáticos: a história; os protagonistas, os testemunhos e as memórias; os peregrinos e a peregrinação; a mensagem; as polémicas; as construções e os tesouros; Fátima no cinema, na poesia e na música; trabalhos académicos e documentos históricos. Face à importância das publicações periódicas da BPB, dá-se ainda atenção especial ao acontecimento na imprensa periódica, incluindo as visitas a Portugal dos Papas Paulo VI (1967), João Paulo II (1982, 1991, 2001) e Bento XVI (2010), somando-se em 2000 a beatificação dos videntes e a revelação do terceiro “segredo de Fátima”.

A mostra documental pretende estimular a reflexão sobre a história social de Portugal e a história das religiões, dando a conhecer a construção do fenómeno que é Fátima, que se tornou um dos principais destinos de turismo religioso no mundo e atrai seis milhões de pessoas por ano. “Apesar da sua complexidade, não é possível ignorar a abundante literatura produzida por autores nacionais e estrangeiros sobre o tema, desde os apologistas mais sinceros aos céticos mais radicais”, diz o diretor da BPB.

Elísio Araújo realça que as manifestações iniciais ocorreram entre maio e outubro de 1917, num momento social e político difícil da I República, às portas da I Guerra Mundial e com o espectro da guerra entre os portugueses, da miséria extrema nos meios urbanos e rurais, da instabilidade do regime de matriz laica e anticlerical e no rescaldo da radicalização religiosa. Essas manifestações foram consagradas pelo juízo popular e pela imprensa como “aparições” ou “milagres” e, nos anos 1930 e 1940, em pleno Estado Novo, Fátima tornou-se o polo central do catolicismo português, com o estatuto de “altar do mundo”.

---
Redacção / Luís Moreira / CP 8078)
ovilaverdense@gmail.com

    Jornal o VilaVerdense
18 de Maio de 2017 / 07:21

Partilhar no Facebook  Partilhar no Facebook


Outras notícias

-PARADA DE GATIM: Festa de Nossa Senhora do Amparo de 13 a 15 de Agosto

-PS regozija-se com avanço da requalificação da EN 101... lembra outras obras do presente e "ressuscita" trabalho de Martinho Gonçalves

-GNR deteve 41 pessoas nas últimas 12 horas … 25 com álcool a mais e 7 por tráfico

-CABANELAS: Fado e teatro para fechar Semana Cultural

-VILA DE PRADO: Festa de São Tiago e Nossa Senhora dos Remédios é este fim-de-semana

-LOUREIRA: Junta regozija-se com construção de rotunda

-GNR apreende mais de 7 quilos de cannabis e detém 37 traficantes de droga

-LAGE: Cinema ao livre no Monte de Santa Helena amanhã

-ATAHCA: Alunas certificadas com o nível básico

-Câmara prorroga prazo para alteração dos Planos de Pormenores da área envolvente à igreja e do núcleo urbano

-LOUREIRA: Lançado concurso para construção de rotunda

-VILA DE PRADO: CDS-PP considera interdição da Praia do Faial «episódio vergonhoso» e questiona Câmara

-ABOIM DA NÓBREGA: Álvaro Rocha reeleito Presidente da AISTI

-Eduardo Milhão reeleito Presidente do Vilaverdense FC

-TRIBUNAL: Condenado a 11 anos de prisão por violar sobrinha menor em Vila Verde

-VILA VERDE: Raspadinha com 5 mil euros rasgou e apostadora ainda não recebeu o prémio

-LOUREIRA: Dono de café agredido em rixa com grupo

-GNR e Guardia Civil patrulham em conjunto estradas espanholas para apoiar emigrantes portugueses

-Tribunal nomeia peritos para avaliar contas do Bingo do SC Braga

-PICO DE REGALADOS: Noites Temáticas regressam de 4 a 6 de Agosto

-RIBEIRA DO NEIVA: Concerto solidário angariou cerca de 4000€ para Pedrogão Grande

-ESCARIZ: Idosas ensinam crianças a costurar

-Vila Verde é o 15º concelho com menor equilíbrio financeiro

-VILA VERDE: XVI Festival Folclórico Internações encheu Praça de Santo António

-ECONOMIA: Associação Empresarial do Vale do Homem-AEVH apresentou-se ao tecido empresarial de Amares

-EPATV quer salvaguarda dos trabalhadores e pagamento de dívida para antecipar fim da gestão do Complexo de Lazer

-Cargo nas Águas do Norte pode impedir candidatura de Filipe Silva

-Incêndio em Escariz preocupa populações

-DESPORTO: Ricardo Gomes disputa o Campeonato Europeu Universitário de Taekwondo

-ECONOMIA: Novo gabinete de estética de Tânia Alves abre no centro de Vila Verde









Jornal O Vilaverdense