AUTÁRQUICAS: Manuel Azevedo é o candidato do PS em Carreiras

Levar a rede pública de abastecimento de água a todas as habitações e reaproveitar os recursos hídricos existentes e «flagrantemente desperdiçados nos últimos anos» é uma das apostas prioritárias de Manuel Azevedo e do PS para a União de Freguesias de Carreiras S. Miguel e S. Tiago.

A garantia foi dada na sessão de apresentação do candidato do PS à Junta da União de Freguesias, conduzida por José Morais, candidato socialista à presidência da Câmara Municipal de Vila Verde.

«Estamos a falar de uma União com cerca de mil habitantes, que tem sido completamente esquecida e que está parada há muitos anos. A aposta, neste momento, não pode ser outra que não seja a de levar água e saneamento a todos os habitantes desta comunidade. Estamos no século XXI e não no século XIX. É um direito fundamental para uma vida condigna», frisou Morais.

A par da prioridade municipal para a União de Freguesias de Carreiras, José Morais assegurou que tudo irá fazer para «dar condições às freguesias e a Carreiras, naturalmente, para que estas possam desenvolver muito do seu trabalho de forma autónoma».

«Já percebi que o Manuel Azevedo reuniu uma equipa com muita força de vontade. Por isso, será mais do que justo que lhes demos as ferramentas necessárias para tratar de desenvolver a freguesia, com o apoio da comunidade, mantendo-a sempre limpa e com vias cuidadas», acrescentou.

A limpeza da freguesia foi, precisamente, um dos pontos abordados por Manuel Azevedo que garante «toda a atenção e o esforço pela aquisição de meios e equipamentos indispensáveis para tal trabalho».

«A limpeza dos caminhos, numa União de Freguesias tão grande, dá imenso trabalho por isso teremos que apetrechar as pessoas das ferramentas certas para o fazer», referiu, manifestando também «preocupação com a fraca e ineficaz sinalética e iluminação pública» de Carreiras.

Quanto aos recursos hídricos existentes na União de Freguesias, Manuel Azevedo acredita que estes apenas precisam de «ser controlados e aproveitados com maior eficácia», uma vez que não raras vezes se formam autênticos riachos pelos caminhos das Freguesias, desperdiçando-se água que «tanta falta faz a tanta gente».

A má sinalização «também é um grande problema». «A falta de espelhos, por exemplo, em certas saídas e cruzamentos constitui um elevado risco de possíveis acidentes», apontou.

A finalizar, Manuel Azevedo interrogou-se sobre o porquê de a União estar «tão esquecida e tão atrasada», quando comparada com freguesias vizinhas.

“Será que não temos qualidades ou direito a ter o que os outros têm? Necessitamos de mudar isto, mudar Carreiras para melhor e fazer da União o que ela verdadeiramente pode ser. Por isso estamos aqui todos juntos para pôr Carreiras no topo”, atirou.

O candidato à Junta deixou também vincada a intenção de criar «o dia da União de Freguesias». «Sinto que ainda existe alguma divisão e, já que nos unimos, agora temos que começar a trabalhar como uma só comunidade. Por isso, lutarei por fomentar o convívio entre as pessoas das duas paróquias, para que passemos a funcionar como um só povo em toda a União», finalizou.

---
Redacção
ovilaverdense@gmail.com