Green Fest. Uma proposta diferente com boa música

O segundo e último dia do Green Fest, contou com a presença de “Near Skara”, “Slavecrowd” e o “Dj Cerci”, que animaram o público presente com vários temas, cheios de energia e afirmando-se como uma solução no que a novas propostas musicais diz respeito. Na noite anterior, “O mau olhado”, “Monera” e “DJ Mladec” já tinham dado o seu contributo, dando o mote para a noite seguinte.

Não faltou boa disposição e diversão neste festival, que viu nos mais fiéis ao género a maior adesão.
O que agora se pretende é mais. Quem o diz é Thomas Pinto, um dos organizadores. «Os resultados foram bons, mas a nossa ambição é conseguir ainda mais», dando a entender que o projecto tem pernas para andar. A Praça de Santo António foi o palco escolhido para este festival, que parece não ficar por aqui.
---
Redacção
Pedro Nuno Sousa (estagiário)
ovilaverdense@gmail.com