AUTÁRQUICAS: António Esquível oficialmente apresentado como candidato pelo PS e anuncia instalação de nova indústria

O actual presidente da Junta de Freguesia de Cabanelas, António Esquível Gomes, foi esta quinta-feira à noite oficialmente apresentado como candidato do PS ao cargo, anunciando a instalação de uma empresa de louças sanitárias na antiga cerâmica de Cabanelas.

José Morais conduziu a apresentação e, dirigindo-se aos cabanelenses presentes, frisou o «orgulho» do PS no passado e na obra feita pelo partido no concelho de Vila Verde.

«Um dos exemplos mais recentes disso mesmo, foi a aprovação da obra do regadio de Cabanelas, uma medida deste governo PS que vai permitir potenciar 500 hectares de agricultura», frisou.

No que diz respeito ao ambiente, o candidato do PS a presidente da Câmara Municipal de Vila Verde considera “incompreensível” que a freguesia que recebe a Estação de Tratamento de saneamento do Concelho tenha “apenas 40 casas com ligação à rede, num universo de 700 habitações”.

Para o futuro próximo, José Morais recordou o «projeto estruturante» que visa criar uma Variante a sul do Concelho, «que irá beneficiar as populações e parques industriais das freguesias positivamente afetadas pela obra».

«Estas novas vias serão importantíssimas para ajudar a atrair empresas e criar empregos, fundamentais para fixar jovens e respetivas famílias”, esclareceu.

Por outro lado, no mesmo projeto é prevista, ainda, a criação de um nó de acesso à Autoestrada, que aproxima a Freguesia de Cabanelas da A3, o “que permite potenciar também a criação de emprego, pela proximidade a grandes áreas urbanas do Norte de Portugal e da Galiza”.

Manifestando convicto e firme apoio a José Morais, Esquível Gomes foi peremptório a afirmar que a Câmara de Vila Verde precisa de uma mudança profunda. “São 20 anos de desgaste e um executivo claramente sem ideias”, concluiu.

---
Redacção
ovilaverdense@gmail.com