CABANELAS: Requalificação do espaço frontal à Igreja Paroquial está concluída

A Câmara de Vila Verde anuncia a conclusão da requalificação do espaço de feiras e eventos, em frente à Igreja Paroquial, salientando que essa intervenção «traz melhorias substanciais» para a próxima edição da Agridoce.

«A freguesia de Cabanelas está a ser objecto de uma transformação, quer pelo investimento feito nos últimos anos, quer pela captação de novos investidores para esta zona associados à zona industrial entre Oleiros, Cabanelas e Cervães», refere António Vilela.

O asfaltamento e regularização do piso, a instalação de guias e condutas para águas pluviais, entre outras intervenções «são uma importante mais-valia para a freguesia», assinalou o presidente da Câmara Municipal de Vila Verde, durante uma visita às obras.

«Inicialmente, este era um espaço que estava muito degradado, mas foi possível unir esforços e concretizar este anseio local», referiu ainda o edil, ressalvando «o trabalho de interacção muito estreita entre a Fabriqueira e o pároco, a Junta de Freguesia e o Município, assim como de muitos populares que se associaram, transformando-o num recinto novo e preparado para receber eventos e outras iniciativas locais».

Na visita, António Vilela fez-se acompanhar do Presidente da Junta local, António Esquível Gomes, do Pároco da Freguesia, o padre Dayakar Thumma, e membros da Fabriqueira.

Vilela considerou «importante» dar mais um passo na valorização daquela zona, um espaço de eventos e zona de lazer, para que «muita gente possa continuar a fazer os habituais piqueniques e sejam realizadas as festas que tanto caracterizam e referenciam a freguesia».

«Já no início do mês de Setembro realiza-se aqui mais uma “Agridoce”, um evento integrado na “Rota das Colheitas”. Este ano já terá novas condições para que tudo corra ainda melhor», realçou.


INDÚSTRIA, EMPREGO E QUALIDADE DE VIDA

À margem, António Vilela deu conta de que «está a decorrer a fase final do concurso para cobertura total da rede de saneamento na freguesia de Cabanelas».

Em simultâneo, referiu que Cabanelas é uma freguesia que está localizada na linha de investimento de grandes unidades industriais, na zona de acção de Oleiros e Cervães. «Estamos com grandes perspectivas de aqui se localizarem novas empresas que irão criar muitos postos de trabalho para a zona Sul do concelho», revelou.

Vincou mesmo que «estas irão reaproveitar o património industrial que está abandonado e que agora foi adquirido, dando-lhe uma nova vida».

Na sua perspectiva, a captação de indústria, «associada à criação de emprego, são um impulso muito importante para a criação de riqueza, fixação da população e atracção de novos investimentos». Vincou que «todas estas dinâmicas concorrem no sentido de tornar estas áreas atractivas».


ECOVIA COM PASSAGEM PELO GAIÃO (Cabanelas)

Em simultâneo, António Vilela referiu o investimento que «já está iniciado e será, depois alargado» na construção da Ecovia do Cávado-Homem, baseado no potencial paisagístico e nas demais vantagens naturais que o concelho tem.

«O Município está também a concluir o processo da ecovia entre o Faial (Vila de Prado) e o Gaião (Cabanelas)», uma obra que considera muito «importante» e «estruturante, não só para a freguesia mas também para o concelho».

«Existem já alguns troços da Ecovia que têm projectos aprovados e este, entre Prado e o Gaião, no limite do concelho, é um projecto que já foi executado por uma empresa da especialidade», contou o autarca, estando agora a decorrer a fase de negociação dos terrenos.

A meta é conseguir «valorizar estas zonas ribeirinhas proporcionando condições para o bem-estar da população e para que seja uma mais-valia para o concelho».

Vilela recorda que a estratégia passa por «alargar a rede de trilhos pedestres, ecoviais e ciclovias a todo o concelho, a par de outros projectos associados ao turismo de natureza».

---
Redacção
ovilaverdense@gmail.com