ALERTA: Declaração de calamidade pública inclui a proibição da prática de caça, alertam autoridades

A declaração de calamidade pública com efeitos preventivos em vigor até segunda-feira inclui a proibição da prática de caça, cuja época abre este domingo, em alguns concelhos. Vila Verde está entre os concelhos abrangidos, tal como já havíamos referido.

A declaração de calamidade pública com efeitos preventivos em vigor até segunda-feira inclui a proibição da prática de caça, cuja época abre no domingo, em alguns concelhos, assim como pesca desportiva e outras atividades, anunciou a GNR. A declaração de calamidade pública com efeitos preventivos vigente entre as 14:00 de sexta-feira e as 24:00 de segunda-feira, em cerca de 155 concelhos do país das zonas centro e interior norte do país, aciona “todos os planos emergência de âmbito distrital e municipal dos concelhos abrangidos”, anunciou hoje o Primeiro-Ministro, António Costa.

Esta declaração proíbe o acesso, circulação e permanência no interior dos espaços florestais, previamente definidos no Plano Municipal de Defesa da Floresta Contra a Incêndios, bem como nos caminhos florestais, caminhos rurais e outras vias que os atravessam. Estão assim proibidas quaisquer atividades de caça, desportivas e outras, como piqueniques, em zonas cujo acesso seja por caminhos florestais ou rurais.

Esta proibição entrou em vigor a partir das 14:00 de hoje e prolonga-se até às 24:00 da próxima segunda-feira, nomeadamente nos concelhos dos distritos de Bragança, Castelo Branco, Guarda, Vila Real e Viseu, assim como em alguns concelhos dos distritos de Aveiro, Beja, Braga, Coimbra, Faro, Leiria, Portalegre, Porto, Santarém e Viana do Castelo.

No distrito de Aveiro a proibição abrange os concelhos: de Águeda, Arouca, Castelo de Paiva, Sever do Vouga e Vale de Cambra. Em Beja, os de Almodôvar, Mértola e Odemira, e em Braga, os de Amares, Cabeceiras de Basto, Celorico de Basto, Fafe, Póvoa de Lanhoso, Terras de Bouro, Vieira do Minho, Vila Verde e Vizela.

No distrito de Coimbra são abrangidos por esta proibição os concelhos de Arganil, Condeixa-a-Nova, Góis, Lousã, Miranda do Corvo, Oliveira do Hospital, Pampilhosa da Serra, Penacova, Penela, Tábua e Vila Nova de Poiares, enquanto no de Faro, os de Alcoutim, Aljezur, Castro Marim, Lagos, Loulé, Monchique, Portimão, S. Brás de Alportel, Silves, Tavira e Vila do Bispo.

No distrito de Leiria estão vinculados a esta proibição os concelhos de Alvaiázere, Ansião, Castanheira de Pera, Figueiró dos Vinhos, Porto Mós e Pedrógão Grande, e no de Portalegre, os de Castelo de Vide, Gavião, Marvão, Nisa e Ponte de Sor;

No distrito do Porto, os concelhos abrangidos são os de Amarante, Baião, Felgueiras, Gondomar, Lousada, Marco de Canaveses, Paredes, Penafiel, Santo Tirso, Trofa e Valongo, enquanto no de Santarém, são os concelhos de Abrantes, Alcanena, Chamusca, Constância, Ferreira do Zêzere, Mação, Ourém, Rio Maior, Sardoal, Tomar e Vila Nova da Barquinha.

No distrito de Viana do Castelo, estão abrangidos por esta medida extraordinária de precaução os concelhos de Arcos de Valdevez, Caminha, Melgaço, Monção, Paredes de Coura, Ponte da Barca, Ponte de Lima e Valença.

A GNR está a promover uma campanha de divulgação destas medidas, designadamente a proibição de caça, através de uma campanha cuja imagem é uma arma de caça pendurada num prego.

ACTIVIDADE AGRÍCOLA LIMITADA
Esta declaração de calamidade anunciada pelo Governo implica ainda a total proibição da utilização em todos os espaços rurais de máquinas de combustão interna ou externa, onde se incluem todo o tipo de tratores e máquinas agrícolas ou florestais, bem como realização de trabalhos nos espaços florestais com recurso a moto-roçadoras, corta-matos e destroçadores.

---
Redacção/ com OBS
ovilaverdense@gmail.com

    Jornal o VilaVerdense
20 de Agosto de 2017 / 23:48

Partilhar no Facebook  Partilhar no Facebook


Outras notícias

-Município de Vila Verde acolhe amanhã Workshop do Projecto MOVBIO

-Missa de Acção de Graças do 1º aniversário da fundação do Grupo Folclórico União de Tradições

-MARRANCOS: Festas em honra de São Brás 2018 nos dias 2, 3 e 4 de Fevereiro

-Filomena Costa madrinha do 1º Trail Solidário dos Bombeiros de Braga

-Planetário – Casa de Ciência de Braga e Hospital assinam Protocolo

-LOUREIRA: Apelo de filha de Francisco Gomes lança onda de solidariedade a exigir obras na EN 101

-BARCELOS: Falhou acordo entre Câmara e 19 moradores de loteamento construído por empresa de Vila Verde

-Estaleiros municipais de Braga com melhores condições de conforto e segurança

-Dormidas no Norte batem recorde em Novembro e superam média nacional

-SAÚDE: Hospital da Misericórdia com novo laser de alta intensidade e ondas de choque

-InvestBraga debate projectos em Conselho Estratégico

-”Fórum Vocacional” preencheu a manhã da Escola Secundária de Vila Verde

-MÊS DO ROMANCE: Mais de 100 iniciativas em 38 dias dedicados ao amor

-VILA DE PRADO: Feira dos Vinte arranca já na sexta-feira

-GNR: Apreendidas diversas armas de fogo em Barcelos

-Embaixadora da Ucrânia condecora eurodeputado José Manuel Fernandes

-Instituto Confúcio da UMinho promove as primeiras provas a 24 de março

-TRIBUNAL: Vilaverdense apanhado com tocha conseguiu suspensão de processo

-POLÍTICA: José Morais recandidata-se para «dar continuidade ao crescimento» do PS

-Projecto da EPATV sobre o Gerês recebe prémio da Fundação Ilídio Pinho

-BRAGA: ACB promove Curso de Iniciação ao Voo

-BRAGA: Câmara e Cruz Vermelha lançam app para facilitar integração de estrangeiros

-CRIME: PSP de Guimarães detém casal por tráfico de droga

-LOUREIRA: Junta diz que falta de obras na EN 101 «é um atentado à vida humana»

-BRAGA: Duas crianças levadas para o hospital mas afastada hipótese de fuga de gás em escola (ACTUALIZAÇÃO)

-Padre ucraniano de Braga celebrou missa para emigrantes do leste

-VILA VERDE: Espectáculo de dança no dia 28 de Janeiro

-BRAGA: Câmara vai retirar árvores e postes de iluminação em frente ao Theatro Circo

-POLÍTICA: Rui Silva diz que eleição de Rio «reforça posicionamento» do PSD de Vila Verde

-Carlos Gonçalves venceu o Startup Nano, que acelera startups de nanotecnologia









Jornal O Vilaverdense