ALERTA: Declaração de calamidade pública inclui a proibição da prática de caça, alertam autoridades

A declaração de calamidade pública com efeitos preventivos em vigor até segunda-feira inclui a proibição da prática de caça, cuja época abre este domingo, em alguns concelhos. Vila Verde está entre os concelhos abrangidos, tal como já havíamos referido.

A declaração de calamidade pública com efeitos preventivos em vigor até segunda-feira inclui a proibição da prática de caça, cuja época abre no domingo, em alguns concelhos, assim como pesca desportiva e outras atividades, anunciou a GNR. A declaração de calamidade pública com efeitos preventivos vigente entre as 14:00 de sexta-feira e as 24:00 de segunda-feira, em cerca de 155 concelhos do país das zonas centro e interior norte do país, aciona “todos os planos emergência de âmbito distrital e municipal dos concelhos abrangidos”, anunciou hoje o Primeiro-Ministro, António Costa.

Esta declaração proíbe o acesso, circulação e permanência no interior dos espaços florestais, previamente definidos no Plano Municipal de Defesa da Floresta Contra a Incêndios, bem como nos caminhos florestais, caminhos rurais e outras vias que os atravessam. Estão assim proibidas quaisquer atividades de caça, desportivas e outras, como piqueniques, em zonas cujo acesso seja por caminhos florestais ou rurais.

Esta proibição entrou em vigor a partir das 14:00 de hoje e prolonga-se até às 24:00 da próxima segunda-feira, nomeadamente nos concelhos dos distritos de Bragança, Castelo Branco, Guarda, Vila Real e Viseu, assim como em alguns concelhos dos distritos de Aveiro, Beja, Braga, Coimbra, Faro, Leiria, Portalegre, Porto, Santarém e Viana do Castelo.

No distrito de Aveiro a proibição abrange os concelhos: de Águeda, Arouca, Castelo de Paiva, Sever do Vouga e Vale de Cambra. Em Beja, os de Almodôvar, Mértola e Odemira, e em Braga, os de Amares, Cabeceiras de Basto, Celorico de Basto, Fafe, Póvoa de Lanhoso, Terras de Bouro, Vieira do Minho, Vila Verde e Vizela.

No distrito de Coimbra são abrangidos por esta proibição os concelhos de Arganil, Condeixa-a-Nova, Góis, Lousã, Miranda do Corvo, Oliveira do Hospital, Pampilhosa da Serra, Penacova, Penela, Tábua e Vila Nova de Poiares, enquanto no de Faro, os de Alcoutim, Aljezur, Castro Marim, Lagos, Loulé, Monchique, Portimão, S. Brás de Alportel, Silves, Tavira e Vila do Bispo.

No distrito de Leiria estão vinculados a esta proibição os concelhos de Alvaiázere, Ansião, Castanheira de Pera, Figueiró dos Vinhos, Porto Mós e Pedrógão Grande, e no de Portalegre, os de Castelo de Vide, Gavião, Marvão, Nisa e Ponte de Sor;

No distrito do Porto, os concelhos abrangidos são os de Amarante, Baião, Felgueiras, Gondomar, Lousada, Marco de Canaveses, Paredes, Penafiel, Santo Tirso, Trofa e Valongo, enquanto no de Santarém, são os concelhos de Abrantes, Alcanena, Chamusca, Constância, Ferreira do Zêzere, Mação, Ourém, Rio Maior, Sardoal, Tomar e Vila Nova da Barquinha.

No distrito de Viana do Castelo, estão abrangidos por esta medida extraordinária de precaução os concelhos de Arcos de Valdevez, Caminha, Melgaço, Monção, Paredes de Coura, Ponte da Barca, Ponte de Lima e Valença.

A GNR está a promover uma campanha de divulgação destas medidas, designadamente a proibição de caça, através de uma campanha cuja imagem é uma arma de caça pendurada num prego.

ACTIVIDADE AGRÍCOLA LIMITADA
Esta declaração de calamidade anunciada pelo Governo implica ainda a total proibição da utilização em todos os espaços rurais de máquinas de combustão interna ou externa, onde se incluem todo o tipo de tratores e máquinas agrícolas ou florestais, bem como realização de trabalhos nos espaços florestais com recurso a moto-roçadoras, corta-matos e destroçadores.

---
Redacção/ com OBS
ovilaverdense@gmail.com

    Jornal o VilaVerdense
20 de Agosto de 2017 / 23:48

Partilhar no Facebook  Partilhar no Facebook


Outras notícias

-FUTEBOL: Lotaria dos penáltis coloca Vilaverdense nos "oitavos" da Taça

-Cruz Vermelha de Braga aposta no apoio aos sem-abrigo e terá nova sede

-CERVÃES recria “Tradição dos nossos avós: Ciclo de Pão de Milho” com folclore, exposição e “sopas de burro cansado”

-VILA VERDE: Semana da Floresta Autóctone arranca esta segunda-feira; Caminhada Ambiental no dia 25

-TAÇA DE PORTUGAL (Vizela-Vilaverdense FC): «Vamos a Vizela com a intenção de vencer» - António Barbosa

-FUTEBOL (Pró-Nacional): Interromper ciclo negativo na recepção ao Vieira SC

-RIBEIRA DO NEIVA (Vila Verde): Casa do Povo lança campanha de angariação de fundos para aquisição de uma carrinha

-VILA VERDE: Centro Escolar recebe concerto do Dia Mundial da Música na quarta-feira

-LOUREIRA: EJAH apagou as velas do 6º aniversário

-DOSSÃOS: Populares juntaram-se para limpar Ribeira do Rojão

-António Cunha apresentou o seu mais recente livro “O Caminho dos Judeus”

-DESTAQUE: Associação Famílias promoveu jantar e ofereceu enxovais a vítimas de incêndios

-BRAGA: Assembleia Municipal recusou proposta do BE de empréstimo da Confiança à «Velha-a-Branca»

-ATAHCA entregou certificados de formação profissional

-ÚLTIMA HORA – Governo prorroga até quinta-feira período crítico de fogos florestais

-PONTE DE RODAS: Quatro cães recém-nascidos encontrados mortos no fundo do rio

-Jantar Solidário a favor das crianças órfãs de Guerra do Leste da Ucrânia no dia 24 de Novembro na EPATV

-Câmara de Vila Verde adjudica mais dois milhões de euros em saneamento

-VILA DE PRADO: Jovens ciganos propõem criação de espaço do cidadão e de Escola

-LOUREIRA: EJAH comemora hoje o 6º aniversário

-Protecção Civil alerta para risco de incêndios rurais

- ATAHCA entrega esta sexta-feira diplomas de certificação pessoal

-“Tradição dos nossos avós: Ciclo de Pão de Milho” este fim-de-semana em Cervães

-Alunos da UMinho são eurodeputados por um dia

-BRAGA: Assembleia Municipal vota impostos sobre pessoas e empresas

-MOMENTO DO DIA / Moure (Vila Verde): Francisco e Maria Barbosa celebram 60 anos de matrimónio

-Abertas inscrições para a Caminhada Ambiental "Zona Ribeirinha do Homem" no dia 25 de Novembro

-VILA VERDE: Cão atingido com chumbo espera por uma nova família

-JUSTIÇA: MP pede 25 anos de prisão para irmãos Bourbon e ‘Bruxo da Areosa’ por assassinato de empresário de Braga

-VILA VERDE: Município recolhe roupa e brinquedos para ajudar Loja Social









Jornal O Vilaverdense