Vilaverdense começa com empate

Um golo do capitão Nené, aos 84 minutos, deu o empate ao Vilaverdense no terreno do Merelinense, no primeiro jogo do Campeonato de Portugal Prio.
Um golo que acabou por trazer justiça no resultado, pois na segunda parte a formação de António Barbosa foi superior ao adversário.

O jogo começou com um maior domínio dos homens da casa que criaram algumas situações para marcar, tendo mesmo mandado uma boa aos ferros.
Nesta fase do jogo o Vilaverdense sentiu algumas dificuldades em impor o seu jogo e não encontrou
argumentos para criar oportunidades no último terço do terreno.

Por sua vez, o Merelinense acabou por sair para o descanso a vencer (com justiça) com um grande golo de Hélder Sousa. O experiente médio aproveitou um canto de Pedro Pereira para encher o pé, fora da área, e marcar um golo de bandeja.

Na segunda parte foi totalmente dominada pelo Vilaverdense. A equipa forasteira fez 20 minutos de grande fulgor e esteve perto de marcar por duas vezes. No entanto, as altas temperaturas fizeram abrandar o ritmo de jogo e só com a entrada de Salvador é que a equipa voltou a estar mais perto do golo.

O médio entrou bem no jogo com um remate cruzado, com a bola a sobrar para André Soares que obrigou Rego a uma grande defesa e, depois, fez o cruzamento para o golo do empate, quando faltavam seis minutos para os noventa.

A equipa do Vilaverdense ainda tentou chegar ao empate, mas o árbitro mostrou (mal) segundo amarelo a Ahmed por uma pretensa simulação de uma falta, ficando a equipa a jogar com menos um jogador até ao apito final.