JUSTIÇA (Vila Verde): Homem de Turiz julgado por bater na mulher e nos filhos

Batia na ex-mulher e nos três filhos. Tem um comportamento agressivo. Um homem de apelido Pereira, de 53 anos, residente em Turiz, Vila Verde, está a ser julgado no Tribunal de Braga por quatro crimes de violência doméstica.

Casado desde 1989 e com três filhos, o arguido está acusado de, devido ao seu temperamento violento, dar pontapés e chamar diversos impropérios à ex-mulher, bem como aos três descendentes, duas raparigas e um rapaz.

A acusação diz que, nas discussões familiares, batia no filho mais novo e nas duas mais velhas, atirava objetos pelo ar e chamava “puta e vaca” à companheira.

Em dada ocasião de 2016 esmurrou-a e fez o mesmo às jovens, a quem agrediu pelas costas. Uma delas ficou a sangrar, após um pontapé na cabeça. Apesar disso, proibiu-as de irem ao Hospital.

Noutra altura, pegou em facas de cozinha e ameaçou-as de morte. Bateu, também, numa das raparigas por esta ter posto baton nos lábios. Insultando-a, também, “a preceito”.

Dizia-lhes que a mulher andava metida com o padre, e que o filho não era dele. Estavam, ainda, impedidas por ele de irem a casa da avó ou de umas tias.

Em janeiro deste ano e no âmbito de um inquérito judicial, a GNR apreendeu-lhe, em casa, uma pistola de calibre 7.65 milímetros. Daí que esteja, também, a ser julgado por posse de arma proibida.

Quando foi detido, ficou obrigado a afastar-se da casa da família, o que cumpriu, embora andasse na rua e nos cafés, a fazer-lhes ameaças diversas.

Aceitou, na ocasião, ser alvo de tratamento psiquiátrico. Atualmente mora na Loureira.

O Instituto de Medicina Legal realizou-lhe um exame de saúde mental, a pedido do Tribunal, o qual concluiu que era “imputável”, pois tinha consciência do que fazia quando agredia os familiares.

Em paralelo ao processo-crime, o homem meteu um processo cível à empresa da ex-mulher, argumentando ter a haver 145 mil euros (mais juros) por ter trabalhado para ela durante vários anos, sem nada receber.

O julgamento, que teve já uma primeira sessão, prossegue no final do mês, com a audição das quatro testemunhas da família, a qual decorre sem a presença do arguido, a pedido delas.

---
Redacção / Luís Moreira (CP 8078)
ovilaverdense@gmail.com

    Jornal o VilaVerdense
11 de Outubro de 2017 / 10:41

Partilhar no Facebook  Partilhar no Facebook


Outras notícias

-DESTAQUE (NATAL): Associação de Pais e Agrupamento de Escolas de Vila Verde promove concurso de Presépios

-CASO DO DIA: Vilaverdense FC demarca-se do caso do jovem adepto detido com tocha em Alvalade

-Teresa Costa deixa Direcção-Geral da Adere-Minho

-VILA VERDE: Câmara e AEVH assinam protocolo para sede da associação

-SOUTELO: Festa de Natal abrilhantou Centro Escolar

-Vila Verde AC celebra protocolo com Associação de Andebol e Federação

-ESQUEIROS: Festa de Natal com muitos gorros, sorrisos e animação

-GNR: 384 pessoas detidas na última semana

-EPATV debateu refugiados em videoconferência com Amnistia Internacional

-ELEIÇÕES PSD: Santana visita Vila Verde este sábado …com líder da concelhia (Rui Silva) a puxar por Rio

-DESTAQUE: Presépio homenageia vítimas dos incêndios

-CASO: Jovem adepto vilaverdense apanhado com tocha em Alvalade aguarda decisão judicial

-VILA VERDE: Câmara acolhe exposição de presépios das IPSS do concelho

-Governo concede tolerância de ponto no dia 26

-Hospital de Braga iniciou hoje programa “Natal no Hospital”

-BRAGA: S. Silvestre condiciona trânsito este domingo

-Arca do Bebé da Associação Famílias entregou dez enxovais no Hospital de Braga

-VILA VERDE: Utentes da APPACDM deram corpo à Festa de Natal

-Turma do Programa Integrado de Educação e Formação do Agrupamento de Escolas Prado participou no projecto “Justiça para Tod@s “

-Carlos Cação recebe mais uma viatura para os Sapadores Florestais de Vila Verde

-ENSINO SUPERIOR: Carla Cruz (PCP) pede explicações sobre ‘nega’ do governo em reforçar verbas à UMinho

-ÚLTIMA HORA (Vila de Prado): Incêndio destrói parcialmente garagem de habitação no Bom-Sucesso

-PICO DE REGALADOS acolhe 2ª Feira Solidária este domingo (17 de Dezembro)

-CASO DE POLÍCIA: Capitão do Aboim apresentou queixa na GNR de Vila Verde

-ÚLTIMA HORA: Vilaverdense FC com verbas da Taça de Portugal penhoradas

-Taça de Portugal. Vilaverdense FC caiu aos pés de Doumbia e Gelson

-PSP e ICNF organizaram exame único para obtenção de carta de caçador e licença de uso e porte de arma de caça

-BRAGA: Defesa de Mesquita Machado quer provar que “negócio das Convertidas” não beneficiava família

-António Vilela: «Qualquer que seja o resultado, o Vilaverdense já venceu»!

-Vilaverdense FC com enorme apoio em Alvalade









Jornal O Vilaverdense