Casal luso-francês sem ter onde dormir apoiado pela Segurança Social

Um casal luso-francês que há dez dias estava a dormir num carro que tinha sido furtado, pelo que foi apreendido pela PSP, estava na iminência de não ter onde pernoitar, mas recebeu logo o apoio da Segurança Social, à porta da qual foi entregue num carro-patrulha da PSP, pretendendo agora regressar a França, o mais rapidamente possível, segundo diz.

Segundo O Vilaverdense constatou, em pouco mais de uma hora foram mobilizados pelos Serviços de Acção Social quer alimentação, quer dormida ao casal, ele português e ela francesa, após colocados na via pública com os seus pertences, situação que ia chamando à atenção dos transeuntes, em Santa Tecla, pensando que se trataria de acção de protesto.

Marco Pitães, de 38 anos, acompanhado pela sua mulher, Marilyne Geiger, de 42 anos, passaram parte desta tarde com as malas e as roupas na Praça da Justiça, entre dois dos edifícios mais emblemáticos de Braga, o da Segurança Social e o do Tribunal de Braga, até terem sido recolhidos por uma carrinha cujos técnicos de acção social providenciaram por alojamento e alimentação já depois de terem sido para aí levados pela PSP de Braga.

Segundo Marco Pitães, «nós estávamos a dormir já há dias na zona da Amarela, aqui em Braga, mas a Polícia descobriu que o carro que compramos tinha sido roubado e ficou logo apreendido, pelo que ficamos sem ter onde dormir, porque era lá que dormíamos».

De acordo com a sua versão, «estávamos hospedados nos Hotéis do Bom Jesus, mas foi roubada a carteira da minha mulher, na via pública, tendo ficado sem dinheiro para dar e passamos a dormir dentro do carro, um Peugeot 308 que eu tinha comprado em França e não sabia ter sido roubado».

Marco Pitães disse «ter vindo a Portugal para passar férias, pois sou natural da freguesia de Gondizalves, aqui em Braga, mas agora queremos é voltar o mais rapidamente para França, onde eu trabalho, para ajudar a minha mulher, que sofre de problemas crónicos na coluna e na cervical».

---
JG (CP 2015)
ovilaverdense@gmail.com